Aqui são dois parques, o Universal Studios e o Island Adventure. Nos dois parques foi a mesma coisa: gostamos de poucas coisas, mas dessas coisas gostamos MUITO, porque são muito legais e sozinhas valem o ingresso. Entre os dois parques tem o Citywalk, que é um point no estilo do Disney Downtown e tão legal quanto.



















Isso eu adorei ter visto. É o DeLorian mesmo, que foi usado nas filmagens dos três De Volta Para o Futuro. Idem pro trem.
























Esse Disaster é animal. Muuuuuuuuuuuito legal mesmo. Você faz parte de uma cena de filme-catástrofe, onde tem um terremoto e você está dentro do metrô. O chão treme, o teto abre, cai carro, um outro vagão de metrô descarrila, pega fogo, cai água, enfim, muito divertido e impressionante. Mas a diversão mesmo começa antes, na preparação pra entrar na cena do desastre. Tem uma menina (ao vivo) que contracena com o Christopher Walken (que eu venero) num vídeo. Mas não adianta nem querer explicar. A projeção é feita numa tela que não se vê, ele fica em tamanho natural, a menina passa na frente e atrás dele. Quando passa na frente não faz sombra, quando passa atrás ele não é translúcido, uma coisa que não dá pra acreditar, nada menos do que perfeito. E não dava pra gravar, logo no começo a menina, (muito boa por sinal) com bom humor avisa: “You YouTube it, we sue you!”.






Foi o dia mais frio que pegamos lá. Demos muita sorte nessa viagem.









Man in Black. Era ok só.























Isso aqui foi outra coisa que a gente adorou, um show de animais adestrados, principalmente cachorros.
E esse macaco que aparece no final era fenomenal. Vale ver o vídeo:







Isso aqui também curti ver, uma réplica do Mel’s do American Graffitti.





















Muito divertido. Um show de efeitos especiais de maquiagem, com esse casal muito engraçado. Uma hora eles pegaram essa mulher da audiência, que não falava uma palavra de inglês e “cortaram o braço dela”. Foi hilário. O fato dela não falar inglês deixava a coisa mais engraçada ainda.





Acabei pegando umas ondas lá.

ViraMundo (clique para assistir) .


O Island tinha mais coisas divertidas.












































Veja em movimento:


Nesse não fomos. Não fomos em nada que molhava. Apesar da vantagem enorme de ter pouca gente no inverno, esses brinquedos são notoriamente feitos pra serem curtidos no verão.












Isso era bem fraquinho, e o cara muito mal dirigido. Valeu mais por essa passagem com a água fazendo a volta no teto.









Nem sou chegado no Harry Porter, mas chapei nessa parte do parque dedicada às histórias dele. Além do cenário todo ser muito legal, tinham várias apresentações, com muita gente vestida a caráter. Mas o mais legal de tudo acontecia dentro do castelo. Essa é a última novidade em Orlando e visivelmente é outra geração de brinquedo, que mistura montanha russa com cinema. Não dá nem pra explicar como é, mas você entra e “sai” do castelo, voando junto com Harry Porter e depois volta pro castelo, onde outras coisas acontecem “ao vivo”, enfim, é fantástico mesmo e indescritível. Se alguém for pra Orlando não pode deixar de ir nisso de jeito nenhum.
























Jurassic Park deixou muito a desejar. Acho que eles já devem estar desmontando essa parte, porque o filme já ficou pra trás.









Aqui você entra num gibi!!






























Animal!!! Dá uma olhada no vídeo:







ViraMundo










Role a tela pra direita!