Aqui começa a brincadeira de verdade. Os parques são incríveis, é uma experiência que todo mundo deveria poder ter pelo menos uma vez na vida.







Tá aí um cara que merece mesmo uma estátua...




































Claro que é tudo fake, mas é bem divertido.




















Esse cara comendo um turkey leg (não, não é um sorvete) é um típico americano. Impressiona o tamanho dos caras. Impressiona mais ainda o tamanho das mulheres...








Isso era bárbaro! Essa mulher fazia o perfil das pessoas recortando o papel. Muito legal, nunca tinha visto.





Em todo lugar, uma loja. Em cada brinquedo que você entra, a saída é dentro de uma loja com lembranças daquele brinquedo que você acabou de ir. Tá certo, alguém tem que pagar pra aquilo tudo funcionar...






Outra coisa que chama muito atenção lá é o acabamento das coisas.












Esse deve ser o brinquedo mais antigo que tem lá. Desde sempre lembro da imagem dessas xícaras como um ícone da Disney.






Casa da Minie e do Mikey. É um desenho animado em live action!

































E aqui a prova definitiva de algo que eu sempre soube: meu nariz é menor do que o do Pinóquio! Desde pequeno eu queria ir na Disney só pra tirar isso a limpo. Tenho certeza que essa foto vai calar a boca de muita gente...



Tem gente de todo mundo, mas a língua mais ouvida lá era certamente o português. Na entrada tem mapas em várias línguas, o que acabava primeiro era o em português. Em alguns brinquedos as indicações já são dadas em inglês, espanhol e português. Num dos parques na entrada um funcionário (brincando) disse que estava impressionado com o quantidade de brasileiros que eles têm recebido. Eu disse (sem brincadeira) pra ele ir se acostumando, porque isso é só o começo...









Outra coisa bem legal: tudo funciona pra terceira idade e tudo funciona pra cadeirante também. Muitos shows têm tradução simultânea pra surdos.






Na minha época de fotógrafo, uma foto com essas cores e com esse nível de contraste só seria possível usando Kodachrome, que não tinha no Brasil, e quando se conseguia um, tinha que mandar revelar no Panamá... Viva a era digital!!!



























Isso daqui tinha tudo pra ser legal, mas não era: é uma viagem no tempo, com vários cenários mostrando o modo de vida através do século XX. Mas era meio chatinho, apesar de bem feito, como tudo lá. A começar porque era um boneco falando. É engraçado estar num lugar onde o barato é a tecnologia, e o caro é a mão de obra... Um dia a gente chega lá.





Os cenários são todos incríveis e impecáveis.


































ViraMundo (clique para assistir) .

Montanha Russa


Epcot Center era o que eu mais queria ver na Disney World. Acabei me decepcionando com a segunda metade do parque, que é dedicado a vários países do mundo. Achei aquilo bem babaca, muito fake demais, acho que é coisa pra americano poder "conhecer o mundo", mas sem sair da segurança da América, sem se preocupar se água é potável ou se tem cascavel no caminho. Não curti. Mas em compensação a primeira metade foi bem legal. Já a Monica gostou de tudo.












Esse daqui foi o brinquedo mais legal que eu fui em toda viagem. Era uma missão pra Marte. Tudo aqui era perfeito, desde a preparação até a “viagem” em si. Esse brinquedo fica numa centrífuga, que quando gira você sente mesmo a força G no seu corpo. O vídeo que passa na sua frente mostra por exemplo que você está decolando e você sente MESMO como se estivesse sendo lançado ao espaço! É fantástico, fui duas vezes.



Durante a fila tem esses cenários, inclusindo o interior de uma nave (em tamanho real) ao estilo do 2001. (Aliás, como se vê as filas foram mínimas em quase todos os brinquedos. Demos muita sorte)









Enquanto você espera sua vez de entrar na nave, você vai recebendo instruções do Gary Sinise (que fez Apollo 13), e por isso fica mais “de verdade” ainda.








Isso daqui foi outra coisa muito legal. É um braço mecânico enorme, tipo robô de fábrica de carro. Antes você passa por uma sala onde você desenha o percurso da montanha russa que você quiser. Depois o braço reproduz os movimentos enquanto um vídeo na sua frente mostra o trajeto da montanha russa que você criou.






Esse é "de menino", a Monica não curtiu muito, eu gostei. É como se fosse um test-drive completo, inclusive em pista de velocidade. Veja o vídeo:

















Essas duas “fotos artística” antes da Monica foram feitas na fila mais longa que a gente pegou, de uns 50 minutos pra ir no Soarin, que é um simulador de asa delta muito legal. E legal também era na fila, que na parede tinha um joguinho a ser jogado coletivamente. Conforme as pessoas da fila balançavam os braços pra um lado e pro outro, os bichinhos do joguinho se mexiam. O jogo em si não era grande coisa, mas era muito legal o fato de ser “coletivo”.









Aqui já era a parte dos países. Achei banana.



































ViraMundo (clique para assistir) .





Acho que esse foi o parque que a gente menos curtiu. Na verdade ele chega a ser mais pra criança do que o próprio Magic Kingdom e pra um casal DINK como nós acabou ficando menos interessante.







Essa árvore é muito maluca, toda "tatuada".





Esses dinossauros são de verdade. Juro!






Bom, esses dois que estãos segurando a placa são de mentira, claro. Mas aquele lá no fundo é de verdade! Juro!




















Aqui começam os bichos de verdade mesmo (tá bom, confesso, os dinos não eram de verdade...)




































Quem conseguir ver o hipopótamo ganha um algodão doce de mexirica!






Essa é a boquinha da criança...















Puta bicho imponente da porra.






























Aí tinha umas paradas lá, mas... acho que faltava um carnavalesco pra dar um agito na coisa.





















Centenas de esquilos soltos no parque. Adoro esquilo. É o rato do bem.
















ViraMundo (clique para assistir) .





Muitas coisas legais. O melhor de lá se vê nos vídeos, mais abaixo.

































Aqui a gente fez um "curso" de animação.












Isso era por fora uma réplica do Chinese Theater e dentro uma viagem dentro de produções do começo do cinema. Interessante, mas faltava ainda um pouco de intereção.

































Isto é uma reprodução do dia em que Walt Disney anuncio na TV o projeto da Disney World na Flórida.









Isso daqui é fantástico!! Mas é fantástico mesmo pra quem teve a sorte de sentar do lado esquerdo do trem... Fica a dica.
Veja o vídeo:



Muito legal. Um cenário de Nova York.






Nós fomos pra São Francisco também. Mas só fiz essa foto lá.












Esse era o Darth Vader de verdade! Juro!














Agora as coisas mais legais do Hollywood Studios. Não deixe de ver esses vídeos!
Indiana Jones Show de Stunts
Viramundo




Isso é um centrinho de compras e diversão. Aqui vimos uma coisa fantástica: o espetáculo La Nouba do Cirque du Soleil. Os caras são muito feras, mas não dá pra vacilar colocando imagens aqui. Vem em casa que eu te mostro. O resto lá é bem legal também.











Isto é incrível! Uma família feita de Legos. Dá pra acreditar?












Muito árabe por lá. Se eu fosse do governo americano eu não deixava entrar. Vai saber o que essa mulher leva embaixo da burka...






Cirque du Soleil.











Viramundo